S4W Agência de Marketing Digital, Mídias Sociais, Criação de Sites Responsivos

BLOG DA S4W

Conhecimento nunca é demais para construir marcas fortes e originais.

Inbound Marketing: o que é exatamente na prática?

Quarta-feira, 28 de Agosto de 2019

Você está buscando por informações sobre Inbound Marketing, certo? Deseja entender o que é Inbound, aprender como funciona na prática e se há relação com marketing de conteúdo e outras estratégias de marketing digital. Também deve estar se perguntado: “o meu negócio irá se beneficiar com isso?”.

Entenda! Seja por meio de uma pesquisa no Google, mídias sociais e até e-mail (sim, ele ainda traz resultados efetivos!), você chegou até aqui, pois está buscando por informações confiáveis e, ao ler este artigo, você está sendo impactado por uma estratégia Inbound.

Leia agora e aprenda o que é Inbound Marketing, suas etapas e quais empresas podem conquistar resultados surpreendentes e se beneficiar (muito!) com essa metodologia de marketing digital.

O que é Inbound Marketing?

Somos bombardeados a todo tempo por anúncios e ofertas irrelevantes e, diante disso, criamos defesas para ignorá-los, mas, nessa guerra pela atenção do consumidor, o Inbound Marketing é capaz de construir conexões genuínas e relevância para a marca. Vamos entender como isso é possível!

O Inbound é uma metodologia para atrair consumidores por meio de relacionamento, ao invés de propagandas interruptivas, aquelas em que você está assistindo à TV ou Youtube e aparece o comercial. A empresa, com a assessoria de profissionais de marketing, orquestra estratégias digitais para ser encontrada pelos clientes, minimizando seus esforços de “correr” atrás deles e muito menos interrompendo-os.

O Inbound Marketing transforma pessoas desconhecidas em interessados pela empresa, tornando-os clientes e defensores da marca. O grande diferencial dessa abordagem de marketing digital está no fato de entregar o conteúdo certo, na hora certa, no lugar certo e para a pessoa certa, sem ser invasivo e irrelevante.

Quais são as etapas do Inbound Marketing?

As boas práticas de marketing digital apontam as seguintes etapas: atrair, converter, relacionar, vender e analisar. Além disso, recomendamos a etapa de encantar, afim de construir um relacionamento profundamente genuíno e duradouro, agregando mais valor à marca e oportunizando vendas recorrentes e lucrativas.

Atrair

As etapas do Inbound Marketing avançam de modo similar a um funil. No topo, temos muitas pessoas desconhecidas que serão atraídas para dentro do funil por meio de conteúdo relevante e único, oferecido pela empresa no exato momento em que o desconhecido buscar a informação. Quer um exemplo prático? Alguém pesquisa no Google “mídia social e rede social têm alguma diferença” e, após, clica em um resultado e é direcionado para o blog de uma agência de marketing digital. Com isso, a pessoa desconhecida foi atraída para o blog – no momento em que precisou da informação – e iniciou um primeiro contato com a empresa.

Converter

Ao acessar o conteúdo relevante, outros conteúdos mais densos e explicativos sobre o tema de interesse da pessoa desconhecida podem ser oferecidos, por meio de e-books e infográficos, por exemplo. Tudo isso mediante uma informação importante para o negócio (e-mail e outros). Assim, as pessoas desconhecidas são convertidas em pessoas interessadas. Tecnicamente, elas são chamadas de leads.

Vamos a mais um exemplo prático de Inbound Marketing! A agência de marketing poderia ofertar um infográfico sobre “os primeiros passos para as mídias sociais”, levando informações mais técnicas sobre “mídias sociais e redes sociais”, tema buscado pela pessoa desconhecida. Em troca, a pessoa fornece o nome e o e-mail. A partir daqui, a agência poderá construir um relacionamento sadio e legítimo com essa pessoa, no tempo dela, sem interrupções.

Relacionar

Com a informação dos leads e qualificação destes, inicia-se a construção do relacionamento genuíno, tornando a empresa referência para a base de leads. Isso educa o mercado a respeito do negócio, evidencia seus diferenciais, gera mais confiança e impulsiona os leads para serem futuros compradores.

Seguimos com mais um exemplo prático. A pessoa que se interessou pelo artigo e infográfico sobre mídias sociais, poderia receber um e-mail com outros dois artigos sobre a temática, entre eles: quais são as redes sociais mais utilizadas no Brasil e se investir apenas nas mídias sociais é um perigo para a empresa.

Entenda! O marketing digital não empurrou anúncios e ofertas irrelevantes. Ao contrário disso, o esforço foi para criar conteúdos (artigos para o blog, e-book, infográficos e outros) dignos de atenção e distribuí-los de modo a serem encontrados pelos leads, fortalecendo o relacionamento e diminuindo as dúvidas sobre a empresa.

Vender, encantar e analisar

A venda irá acontecer quando o lead qualificado, nutrido por muitas informações relevantes, sinalizar interesse nos produtos e/ou serviços da empresa. Esse é o momento em que o lead, inicialmente uma pessoa desconhecida, chega ao final do funil e se torna um comprador. Quando isso acontecer, é de grande valor que esses compradores se tornem clientes recorrentes, por isso recomendamos encantá-los com novas ações de Inbound Marketing.

Ao atravessar cada etapa do funil, é possível mensurar e analisar todos os resultados, devido à natureza ímpar do marketing digital de gerar dados e, assim, elaborar uma estratégia com ações vencedoras.

Quais são os benefícios do Inbound Marketing?

Aumentar a visibilidade da empresa, atrair clientes em potencial – sem correr atrás deles –, transformar a empresa em referência, otimizar as vendas, melhorar o relacionamento com os clientes e tornar os resultados previsíveis são alguns dos benefícios oferecidos pelo Inbound Marketing.

Além disso, ele posiciona e agrega valor à marca, blinda a imagem da empresa contra eventuais crises, constrói uma legião de fãs, diminui os custos de aquisição de clientes e torna a concorrência irrelevante.

Quais empresas ganham valor com o Inbound?

Empresas de todos os portes e segmentos poderão se beneficiar com o Inbound Marketing, desde que planejado e executado de forma profissional e relevante para o consumidor.

Para produtos e serviços mais complexos de serem entendidos, ou seja, quando o consumidor apresenta muitas dúvidas e dificuldades para entender suas vantagens e, além disso, exige um investimento mais elevado, o Inbound se tornou praticamente obrigatório.

Vamos entender os produtos e serviços mais complexos. Por exemplo, empresas de calçados, roupas, móveis e eletrodomésticos exigem um esforço muito menor do público para compreender o verdadeiro benefício de seus produtos.

Isso é muito diferente para corretoras de seguros, dentistas, escolas, faculdades, consultorias, imobiliárias, construtoras, aparelhos altamente tecnológicos, empresas b2b, automobilísticas, turismo e lazer. Pense o quanto é difícil para o consumidor compreender as reais vantagens desses produtos e serviços e obter confiança na compra. Um tratamento odontológico pode levar meses e interfere na saúde e estética do comprador, imagine quantas incertezas ele possa ter. Quantas dúvidas existem ao contratar um seguro? E ao matricular o filho em uma escola? E sobre comprar ou alugar um imóvel? E ao adquirir um carro recém lançando?

Muitas empresas superaram inúmeros desafios e conquistaram resultados importantíssimos com o Inbound Marketing. Isso é possível se entender profundamente as necessidades e dificuldades do consumidor e de que maneira a sua empresa poderá solucioná-las, além de planejar e executar as ações de forma estratégica, com o suporte de profissionais de marketing e comunicação.

Conteúdo Extra: como deixar o Inbound Marketing mais atrativo?

O branding é um fortíssimo aliado do Inbound Marketing. Juntos eles alcançarão resultados incríveis e duradouros. Com isso em mente, nossos criativos desenvolveram um e-book gratuito para lhe ensinar tudo sobre branding.

Clique para baixar o e-book e eleve os resultados da sua empresa.

comments powered by Disqus

Você gostou do artigo?

Compartilhe

Compartilhar
Compartilhar
Compartilhar