Pokémon Go e as oportunidades de marketing | Blog S4W
S4W Agência de Marketing Digital, Mídias Sociais, Criação de Sites Responsivos

BLOG DA S4W

Conhecimento nunca é demais para construir marcas fortes e originais.

Pokémon Go e as oportunidades de marketing

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Lançado nos Estados Unidos em julho e este mês no Brasil, o jogo “Pokémon Go” tem mais buscas no Google do que o tão esperado “Jogos Olímpicos”. Dá pra acreditar? Rapidamente, ultrapassou redes sociais como Twitter e Tinder no tempo utilizado por seus usuários, atingiu em tempo recorde destaque nas lojas de aplicativos da Apple e Android e chegou a marca dos 65 milhões de downloads.

O barulho que “Pokémon Go” vem causando nas mídias aliado ao estrondoso número de instalações realizadas, o torna objeto de análise, enquanto estratégia de marketing e comunicação para os negócios.

 

Primeiramente, você se lembra das criaturas Pokémon?

Criado em 1995, Pokémon é uma franquia de mídia da qual o nome originou-se a partir do título japonês “Pocket Monsters” e o tema central são criaturas ficcionais que os humanos capturam, com o uso da Pokébola, e os treinam para duelarem.

O Pokémon mais conhecido é o Pikachu e a franquia se propagou em série televisiva com 19 temporadas, quadrinhos, filmes, brinquedos, jogos eletrônicos e de cartas.

 

O que é o jogo Pokémon Go?

É um jogo grátis para smartphones inspirado na franquia Pokémon. Ele utiliza o GPS e a câmera do dispositivo com o objetivo de, virtualmente, capturar, treinar e realizar batalhas entre as criaturas ficcionais.

Com o uso de dados do Google Maps, “Pokémon Go” distribui os Pokémon pela cidade, levando em consideração as condições geográficas. Criaturas de água, por exemplo, provavelmente surgirão próximas de rios, lagos e mares.

Além disso, há os locais fixos na cidade: os PokéStops (área para coletar itens como pokébolas e incensos) e os Ginásios (espaço para realizar as batalhas).

 

Enfim, oportunidades de marketing com o Pokémon Go.

Uma das razões que ocasionou a propagação frenética do “Pokémon Go” é o uso da realidade aumentada. Isto é, a interação dos usuários vai além do aplicativo, pois, o mundo real está incluso na “brincadeira”, englobando as ruas e bairros da cidade, espaços físicos e outras pessoas, promovendo interações entre elas.

Para capturar os Pokémon, os participantes precisam se deslocar pela cidade. Andar a pé mesmo! E assim, visitarão lugares que nunca tenham visitado e encontrarão, provavelmente, estabelecimentos comerciais.

Acredite: se você observar uma pessoa ou um grupo se movimentando com o celular na mão, é bem provável que estejam explorando a cidade em busca das criaturas, reabastecendo itens nos PokéStops ou, ainda, travando batalhas nos Ginásios. Ou seja, eles poderão estar próximos de seu empreendimento!

De acordo com o Portal Exame, uma pizzaria em Nova York aumentou 75% de suas vendas pela ativação do recurso “módulo de atração”, responsável por atrair as criaturas virtuais para a loja física, com o investimento de 10 dólares.

O game também permite criar times e isso aumenta a interação social entre os participantes, reunindo as pessoas no mundo real. Assim, empresas poderão oferecer descontos e/ou promoções para os diferentes grupos, com o objetivo de atraí-los para o ponto de vendas. Vale lembrar que até o momento não existia um app social de geolocalização capaz de trazer inúmeras pessoas de uma vez só.

Se perto da sua empresa ainda não tem um PokéStop ou Ginásio, acalme-se! Segundo os desenvolvedores, em breve será possível patrocinar uma localização.

Para finalizar, #ficaadica: a tecnologia favorece a geração de novos negócios e esse tipo de inovação digital é apenas a pontinha do iceberg. Dessa forma, instale o app e compreenda, primeiramente, seu funcionamento. Após, verifique se “Pokémon Go” está alinhado com a estratégia de marketing a fim de assegurar que ele trará benefícios ao empreendimento.

Avalie este artigo:

Pokémon Go e as oportunidades de marketing